DEFINIÇÃO DE FAMÍLIA; CASO MARIELLE, ENTRE OUTROS


O presidente Jair Bolsonaro foi questionado em entrevista para a Fox News sobre polêmicas que o cercam, como a questão da família LGBT, ao qual o presidente brasileiro é chamado de homofóbico, e agora também as acusações sobre o caso Marielle, ao qual o mesmo está sendo acusado.

Sobre as acusações homofóbicas, o presidente brasileiro respondeu: “Não tenho nada contra homossexuais nem contra mulheres e não sou xenófobo, mas quero ter minha casa em ordem. A definição de família para mim é uma só, aquela da Bíblia. Se você quer se envolver numa relação homossexual, vá adiante, mas não podemos deixar o governo levar isso para a sala de aula e ensinar isso para crianças de cinco anos”, declarou. 

Sobre o caso da Marielle, o presidente brasileiro se pronunciou em defesa de si mesmo e afirmou que as acusações são Fake News, por usarem "comentários fora de contexto". ” Se eu fosse tudo isso, eu não seria eleito presidente. Há um grande número de notícias falsas, mas a população aprendeu a usar redes sociais e pessoas não mais acreditam nem confiam na imprensa tradicional”.

Sobre as falsas ligações que fazem entre a família Bolsonaro e o caso Marielle Franco, o presidente brasileiro esclareceu todas as confusões que foram feitas com o objetivo de atingi-lo. 

“Sou um capitão do Exército brasileiro, e parte dos oficiais da polícia do Rio de Janeiro é de grandes amigos meus. Por coincidência, um desses suspeitos de ter matado a Marielle não era na verdade vizinho meu, mas morava do outro lado de uma outra rua [do condomínio]”.

Sobre a falsa nota de que um de seus filhos teria namorada a filha do PM Ronnie Lessa, Jair Renan Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, afirmou que "namorou" diversas meninas do condomínio e não se recordava de nenhuma Marielle.

Postar um comentário

0 Comentários