MINISTRO EVANGÉLICO


Durante a campanha o atual presidente Jair Bolsonaro, em reunião com lideranças evangélicas, o mesmo pronunciou a importância do seguimento e também o fato de não ter no STF um ministro evangélico e prometeu que caso fosse eleito, indicaria alguém que representasse este importante seguimento.

Fontes informaram que um pastor de uma das maiores igrejas evangélicas do Brasil que o preferido da ala evangélica seria o juiz Marcelo Bretas,  tem se destacado com muita competência no combate à corrupção.

Postar um comentário

0 Comentários